Como escolher a melhor maquininha de cartão? | Máquinas de Cartão de Crédito

Como escolher a melhor maquininha de cartão?


Taxas, bandeiras aceitas, tipos de pagamento, tecnologias… afinal, quais critérios levar em conta na escolha da máquina de cartão?

Afinal, qual maquininha de cartão devo escolher??? Essa é uma dúvida extremamente comum entre autônomos e empreendedores iniciantes. O cenário dos meios de pagamento evoluiu muito nos últimos anos, e soluções como Pix, NFC, pagamentos por QR Code, etc, já estão sendo amplamente utilizados pelo público.


Na hora de adquirir uma maquininha, quais fatores devem ser levados em consideração??? É sobre isso que iremos falar neste artigo.


LEIA TAMBÉM: Pix: O que é, como funciona e como se cadastrar no novo sistema de pagamentos criado pelo Banco Central

Quais os principais critérios se devem levar em conta na hora escolher a maquininha de cartão?

O número de empresas que oferecem este tipo de serviço e comercializam maquininhas são muitas, as principais do mercado são: Cielo, Stone, SumUp, PagSeguro, InfinitePay, Rede, AqPago e Mercado Pago.

Todas as empresas acima oferecem produtos com vantagens específicas, mas no geral, todas são muito parecidas. O nome dado para estas empresas são: adquirentes e subadquirentes.

Confira abaixo os principais pontos a serem avaliados na hora de escolher sua maquininha.

Tecnologia do equipamento

Para estar adaptado à digitalização dos pagamentos, é preciso optar por maquininhas que ofereçam mais do que simplesmente uma máquina de cartão.

A opção de transação por QR Code na máquina, que permite transferência com o aparelho celular, é um ponto importante. Afinal, utilizar o smartphone no momento da compra está cada vez mais comum entre os clientes. 

Além disso, a pandemia do novo coronavírus popularizou o pagamento por aproximação (NFC). Então, contratar um aparelho que disponha dessa tecnologia é fundamental.

É claro que as vendas inserindo o cartão e digitando a senha continuarão existindo, mas muitos clientes vão procurar pagar por aproximação do smartphone ou cartão. Essa é a tendência para o futuro!

Temos ainda, a integração com o sistema de pagamentos PIX, que é um grande diferencial. 


Procure sempre por maquininhas modernas e atualizadas com o mercado atual.


Taxas e custos de aquisição

As principais taxas a se avaliar na hora de escolher uma máquina são a de débito e crédito à vista. Vender parcelado não deve ser prioridade para a maioria dos empreendedores, principalmente os iniciantes!!! Vender parcelado aumenta o risco de chargebacks e consequentemente um possível prejuízo para o negócio.

Avalie:

  • taxa de débito; 
  • taxa de crédito;
  • taxa de antecipação;
  • taxa de recebimento via Pix;
  • Valor de aquisição ou aluguel do aparelho. 

O aparelho deve cobrar valores menores para as transações que você mais realiza.


Outro ponto importante a se destacar em relação a taxas é que toda adquirente ou subadquirente estará disposta a reduzir suas taxas. Basta ter um bom volume de vendas e solicitar uma revisão das taxas. As empresas ganham em cima de suas vendas e para elas não é vantagem perder um bom vendedor para uma concorrente direta!



LEIA TAMBÉM: Taxa Vr, Alelo, Ticket e Sodexo – Você sabe quanto cada bandeira cobra por transação?

Alugar ou comprar?

Vale mais comprar uma maquininha ou alugar??? Isso é você quem decide, mas geralmente comprar a máquina acaba sendo um negócio mais vantajoso a médio e longo prazo.

Bandeiras de cartão aceitas

Bandeiras de cartão são empresas que intermedeiam a transação entre o cartão de crédito e débito do cliente e a maquininha.

Mastercard, Visa, Elo, Cabal, American Express, Hipercard, Diners Club são alguns exemplos de bandeiras de cartão. Inclusive, são as principais que você deve aceitar.

Para restaurantes, padarias e supermercados, também é preciso estar atento ao recebimento de vale-refeição e alimentação.

LEIA TAMBÉM: Como aceitar Sodexo, VR, Alelo e Ticket nas maquininhas de cartão de crédito?

O mesmo vale para postos de gasolina com vouchers de combustível etc. 

Conexão do equipamento

Hoje existem equipamentos com conexão Bluetooth, Wi-fi, via chip de dados 3 e 4G, etc. Quanto maior for o número de conexões do equipamento, melhor! Afinal de contas, você não quer que sua maquininha pare de funcionar no momento da venda. Ter opções diferentes de conexão sempre será uma vantagem.

moderninha pro 2
Moderninha Pro 2 tem conexão Bluetooth, Wi-fi e é dual chip.

Repasse das vendas

Em geral, o valor das vendas no débito é transferido ao lojista em 1 ou 2 dias úteis. Vendas no crédito, em prazos de 1 a 30 dias corridos.

No entanto, é possível reduzir esse período de espera, mediante pagamento de taxa de antecipação — uma forma de empréstimo para contas a receber. É justamente por isso que vendas parceladas tem uma taxa maior, pois você estará recebendo um valor que ainda nem foi pago pelo cliente.

A antecipação só é recomendada para quem carece de capital de giro. Ou seja, dinheiro destinado a atender as obrigações financeiras cotidianas da administração do negócio. Comumente, taxas de antecipação são bastante caras, podendo chegar a 40% do valor da transação realizada.

Um último ponto em relação ao recebimento do dinheiro é onde ele será depositado. Algumas empresas, como PagSeguro e Mercado Pago, depositam o dinheiro em uma conta de pagamentos digital própria. Essa pode ser uma grande vantagem para quem não possui conta aberta em nenhum banco ou está com o nome sujo.

De qualquer forma, todo e qualquer valor depositado nas contas digitais dessas empresas podem ser transferidos para uma conta bancária externa e sem custos adicionais.

Conclusão

Ter uma maquininha de cartão nos dias de hoje é uma obrigação para qualquer empreendedor. Cabe a você avaliar as opções de equipamentos disponíveis no mercado e adquirir aquele que melhor atenda as necessidades do seu negócio.

Se precisar de nossa ajuda, estamos à disposição.

LEIA TAMBÉM: Melhores máquinas de cartão para 2021


Moderninha Pro 2

Você já viu a promoção da nova Moderninha Pro 2?

Você não paga aluguel, taxa de adesão, não precisa ter conta bancária, pode aceitar as principais bandeiras do mercado, além de vouchers como VR, Elo, entre outros, fazer recargas de celular para qualquer operadora e ainda tem 5 anos de garantia.

Garanta já sua Moderninha Pro 2 e aumente suas vendas!


ATENÇÃO: TODAS as maquininhas citadas em nosso blog podem e devem ser adquiridas nos sites oficiais indicados. Em caso de dúvidas no que se refere a compra da máquina, fale conosco pelo WhatsApp que teremos prazer em lhe ajudar.

O que achou deste artigo?

Sem comentários ainda

  1. […] Não deixe de ler este artigo: Como escolher a melhor maquininha de cartão? […]

     
  2. […] LEIA TAMBÉM: Como escolher a melhor maquininha de cartão? […]

     
  3. […] LEIA TAMBÉM: Como escolher a melhor maquininha de cartão? […]

     

Quero deixar um comentário!

×