Limite de transferência do Pix agora é equivalente ao TED


Banco Central igualou limite de valor nas transferências via Pix ao mesmo teto que instituições usam para o TED.

Banco Central promoveu uma mudança em relação aos limites de transferência do Pix que, na verdade, já era prevista em instrução normativa: a partir do mês de março de 2021, os usuários do sistema podem transferir valores mais altos. Isso porque os limites do Pix aumentaram e, agora, são iguais aos existentes para transações via TED ou, dependendo da situação, cartão de débito.

Os limites de transferência fixados para o Pix são um mecanismo de segurança. Quando a modalidade entrou em funcionamento, em novembro de 2020, os limites eram ainda mais restritos. A ideia do Banco Central sempre foi a de permitir que os valores máximos aumentassem com o passar do tempo, à medida que o sistema amadurecesse.

LEIA TAMBÉM: Pix: O que é, como funciona e como se cadastrar no novo sistema de pagamentos criado pelo Banco Central


Limite de transferência do Pix

O que mudou realmente?

Resumindo a mudança: Até 28 de fevereiro, as operações via Pix eram limitadas a 50% do valor máximo para TED liberado pela instituição. Ou seja, se o seu limite para TED era de R$ 10.000,00 o limite do Pix seria de no máximo R$ 5.000,00.


Com a mudança, as transações via Pix agora podem chegar até 100% do limite liberado para TED’s.


A mudança vale tanto para transferências via aplicativos quanto pelo internet banking, realizadas em qualquer dia da semana, mas entre 6:00 e 20:00, não importa se para contas de mesma titularidade ou de titularidade diferente.

No caso das transações realizadas entre 20:00 e 6:00 (ou seja, no começo da noite e de madrugada), os limites do Pix devem ser equivalentes aos que a instituição adota para operações com cartão de débito. Por questões de segurança, essa regra não muda na nova fase.

E as mudanças não para por aí!

A partir de 1º de abril, as instituições deverão permitir que seus clientes gerenciem os limites para Pix dentro do aplicativo, desde que o valor máximo não ultrapasse o teto para TED, obviamente.

LEIA TAMBÉM: Golpe do Pix [CUIDADO]


Moderninha ProFit

Você já viu a promoção da nova Moderninha ProFit?

Você não paga aluguel, taxa de adesão, não precisa ter conta bancária, pode aceitar as principais bandeiras do mercado, além de vouchers como VR, Elo, entre outros, fazer recargas de celular para qualquer operadora e ainda tem 5 anos de garantia.

Garanta já a sua Moderninha ProFit e aumente suas vendas!


ATENÇÃO: TODAS as maquininhas citadas em nosso blog podem e devem ser adquiridas nos sites oficiais indicados. Em caso de dúvidas no que se refere a compra da máquina, fale conosco pelo WhatsApp que teremos prazer em lhe ajudar.

O que achou deste artigo?

Quero deixar um comentário!