Crédito Rotativo do cartão volta as ser muito utilizado devido a crise!


Muito cuidado com o crédito rotativo para não se tornar uma escravo do cartão de crédito.

A quantidade de dinheiro emprestado via crédito rotativo no cartão de crédito vem aumentando consideravelmente. No final de 2019 foram emprestados R$ 41,1 milhões, ante R$ 34,2 milhões no mesmo período de 2018. Este aumento significa 20% do crédito concedido na modalidade.

O chamado de crédito rotativo do cartão acontece quando o cliente não efetua o pagamento completo da fatura e quita apenas o valor mínimo ou atrasa a data de vencimento da conta.

Dentro deste contexto, o que também aumentou foi a inadimplência: do valor total emprestado no rotativo, R$ 25,1 milhões dizem respeito a faturas atrasadas. Em 2018, esse valor era de R$ 19,9 milhões. Os dados são informados pelo Banco Central.

LEIA TAMBÉM: Cartão de Crédito com Score Baixo? Veja as opções!

Outra informação demonstra claramente que quanto menor a renda do consumidor, mais ele usa o crédito rotativo, proporcionalmente, o limite disponível. A pesquisa dividiu os cartões em três grupos: Gold, relativo aos usuários que têm renda de R$ 1 mil a R$ 7 mil; Platinum, de R$ 7 mil a R$ 15 mil; e Black, acima de R$ 15 mil.

Para a faixa salarial mais baixa, chega a 13% o grupo de pessoas que usaram mais de 50% do limite. Já para a mais alta, essa porcentagem é de 10%.

O pior disso tudo é que grande parte das pessoas que entram no crédito rotativo, fazem isso sem nenhum planejamento. O risco de ter um limite muito grande é ‘ter corda para se enforcar’ e cair no rotativo todo mês. Como o crédito rotativo é caro, isso pode ser tornar uma bola de neve e tornar você um escravo do banco.


Exemplo: a fatura do cartão era de R$ 1000, mas só pagou R$ 200. Os outros R$ 800 serão adicionados à sua conta seguinte com juros. Se a taxa de juros nesse caso for de 15% ao mês, a dívida já sobe para R$ 920 em apenas 30 dias. Imagine este cálculo proporcionalmente em faturas maiores.

Outras opções de crédito

O crédito consignado é uma modalidade mais barata, porém é voltada apenas para aposentados e pensionistas do INSS, funcionários privados e públicos. O valor é descontado direto da folha de pagamento. Isso evita que você perca o prazo. De qualquer forma, mesmo o crédito pessoal apresenta tarifas bem menores do que as oferecidas no crédito rotativo. Antes de entrar com qualquer pedido de crédito, analise todas as opções disponíveis no mercado.

LEIA TAMBÉM: Serasa Cadastro Positivo – O que é e como funciona?

Fonte: https://www.istoedinheiro.com.br/brasileiros-recorrem-ao-credito-rotativo-apesar-de-alto-custo/


Moderninha Pro 2

Você já viu a promoção da nova Moderninha Pro 2?

Você não paga aluguel, taxa de adesão, não precisa ter conta bancária, pode aceitar as principais bandeiras do mercado, além de vouchers como VR, Elo, entre outros, fazer recargas de celular para qualquer operadora e ainda tem 5 anos de garantia.

E aí, já decidiu se vai pagar no boleto ou cartão?



Caso ainda tenha dúvidas sobre como adquirir uma Máquina de Cartão de Crédito, nos envie uma mensagem através do formulário abaixo que responderemos via e-mail o mais rápido possível.

O que achou deste artigo?
Quero deixar um comentário!

×